Loading...

Síndicas Profissionais assumindo grandes condomínios

Postado em 16 Março

Atualmente, 42% dos síndicos são do sexo feminino. Em 2011 esse percentual era de 30%, dos síndicos paulistanos, 93,5% são moradores do próprio edifício, conforme levantamento da Lello em sua base de clientes. Outros 6,5% são profissionais.

O número de mulheres que assumem o cargo de síndicos de condomínios residenciais na cidade de São Paulo cresceu 73,3% nos últimos cinco anos. A administradora paulistana que gerencia 1,6 mil condomínios na capital paulista.

Somente na cidade de São Paulo, 35% dos síndicos são profissionais liberais, 25% de empresários, 17% de administradores, 9% de advogados, 6% de aposentados, 5% de engenheiros, 4% de comerciários e 3% de professores.

Eleição:

Nos últimos anos, em prédios recém-entregues pelas construtoras, especialmente nos maiores e com três torres ou mais, a disputa pelo cargo de síndico é acirrada entre os moradores, com pelo menos dois ou mais condôminos concorrendo para síndico. Esta nova situação difere da encontrada há 10 ou 15 anos, quando, tradicionalmente, ninguém queria assumir a função de síndico nos condomínios residenciais.

A reeleição do mesmo síndico ainda predomina, já que cerca de 70% das assembleias realizadas para escolher o responsável legal pelo condomínio acaba confirmando a mesma pessoa que já ocupava o cargo anteriormente.

O síndico pode ser proprietário, inquilino ou alguém de fora do prédio, conforme a decisão da maioria dos condôminos. Suas principais atribuições são representar o condomínio, zelar pelo cumprimento da convenção e do regimento interno, cuidar da conservação e da manutenção das áreas comuns e equipamentos, negociar com fornecedores e prestar contas aos condôminos sobre despesas efetuadas, entre outras responsabilidades.

O síndico é eleito para um mandato de dois anos, podendo ser reeleito. Assim como em qualquer eleição, os moradores devem ter cuidado na escolha de quem irá comandar o dia a dia do condomínio, perguntar, por exemplo, sobre suas propostas, sobre o tempo que terá para cuidar das demandas do condomínio, as mudanças que pretende realizar na gestão e, principalmente, como fará para garantir segurança e comodidade aos moradores.

 

´´ Me tornei vice-presidente da associação com o objetivo de contribuir para valorização do meu patrimônio, os obstáculos que enfrentamos diariamente são as diversas divergências de opiniões e a inadimplência de condôminos. Administrar conflitos é uma das tarefas mais árduas, a melhor opção para obter sucesso nessa área é a imparcialidade, e evitar a exposição desnecessária de pessoas, levando as reuniões de alinhamento com membros mediadores totalmente imparciais. No caso, ferramentas de administração digital, como o sistema CONECTCON SOCIAL que contratamos, podem conter ou amenizar grande parte destas situações uma vez que são geradas pelo calor do momento e algumas horas são solucionadas de alguma maneira “, destaca Vania Sousa (Vice- Presidente) – Condomínio Associação dos Proprietários em Paysage Serein

 

 

 


E o seu condomínio, ainda utiliza e-mail como meio de comunicação com os moradores?

CONHEÇA O CONECTCON SOCIAL
Comercial
(11) 4116-3571
Escritório
Rua Apiacás, 756 - Perdizes CEP: 05017-020
São Paulo, SP, BRASIL
Subir a Página
 Anterior  Todos Próximo